sábado, 27 de maio de 2017

MAIS UM BUG DO WINDOWS


Recentemente, foi descoberto que edições mais moderadas do Windows podem conter um bug e que pode causar muitos problemas aos usuários.

A falha que afetava o Windows 95 e 98 e fazia com que o computador parasse de funcionar, caso houvesse uma tentativa de acessar um arquivo de nome específico, seja de forma interna ou mesmo externa.

De acordo com o Ars Technica, a questão era de que o Windows separava alguns nomes para uso especial, o que acabava ocasionado o problema “con”. Ele servia para que o sistema lidasse com consoles físicos como teclado e ainda monitor. Caso o usuário tentasse chegar ai um "c:concon", ou mesmo se um site quisesse logar um arquivo através do caminho "file:///c:/con/con" , o computador acabaria sendo trancado e voltaria ao funcionamento normal somente após um reboot.

A mesma questão acontece no Windows 7 e 8.1, porém, com arquivo nomeado “$MFT”. Conforme ainda o Ars Technica, trata-se de um arquivo especial de metadados utilizados pelos sistemas de arquivos NTFS, sendo que fica escondido para a maior parte dos softwares. Porém, caso o usuário tentar usá-lo terá o computador travado.

Lembrando que nem todos os navegadores possuem acesso ao livre ao $MFT, sendo o Internet Explorer uma exceção. Deste modo, um desenvolvedor é capaz de criar uma página que contenha instruções para que uma das suas imagens seja carregada usando o $MFT como diretório, assim, o computador, certamente, seria danificado. Em alguns casos o bug também causa a famosa tela azul da morte.

A Microsoft ainda não se manifestou sobre a questão. O bug afeta ainda o Windows Vista, porém, ele já perdeu o suporte. No entanto, a empresa terá que encontrar uma solução para as outras duas versões do sistema.



sexta-feira, 26 de maio de 2017

RECARREGAR O CELULAR EM LUGAR PÚBLICO É PERIGOSO


É uma situação bastante comum. A bateria do seu celular acaba e você, no aeroporto, café ou transporte público, coloca o aparelho para recarregar. Especialistas em segurança alertam, no entanto, que isso pode levar apuros - logo, demanda precauções.

"Quando você conecta seu telefone ou tablet (a pontos de recarga) em lugares públicos - um aeroporto, por exemplo -, se um hacker passou por ali antes, ele pode extrair informações do seu aparelho", explicou Samuel Burke, repórter de tecnologia da rede americana de TV CNN, em um programa especial sobre o assunto.

Além disso, usar um cabo USB para recarregar o celular conectando-o a um computador ou tablet que você não conhece também está longe de ser a melhor opção.

Segundo a empresa de segurança cibernética russa Kaspersky Lab, os celulares deixam expostos um grande número de dados quando estão conectados a computadores, um processo que, no jargão técnico, os especialistas chamam de "aperto de mão".

Durante o "aperto de mão", o telefone passa, pelo cabo, informações para o computador. 

Ele "conta" à máquina, por exemplo, como se chama, qual é seu fabricante, número de série, sistema operacional e até sua lista de arquivos.

A partir daí, seu celular pode ficar "infectado" e é possível que uma pessoa monitore as atividades do aparelho usando o ID (código de identificação) do dispositivo, explicam os especialistas da empresa.

Entre as consequências mais comuns do "aperto de mão" está a possível invasão do dispositivo por um programa maléfico, malware em inglês, e que pode, por exemplo, bloquear seu acesso a arquivos.

Para devolver esse acesso, muitos hackers tentam obrigar o usuário a pagar um "resgate".

Outra possível consequência é que vírus podem infectar o aparelho e, disfarçados de páginas oficiais, obter informações pessoais do usuário, como dados bancários.

'JUICE-JAKING'

Em texto no jornal americano The New York Times, a repórter de tecnologia da publicação, J.D. Biersdorfer, disse que a cópia de dados telefônicos de uma pessoa sem seu consentimento - chamada de "juice-jaking" - "foi demonstrada em convenções de hackers".

"É perfeitamente possível transferir programas maléficos para um telefone a partir da conexão USB de um computador ou dispositivo em ponto público de recarga, por exemplo, em aeroportos ou shopping centers", explicou Biersdorfer.

"Em 2016, a Federal Trade Commission dos Estados Unidos (Comissão Federal de Comércio, FTC na sigla em inglês) recomendou a consumidores que não conectassem seus smartphones a sistemas de entretenimento por meio de um porto USB ou conexão Bluetooth em carros alugados", escreveu a especialista.

A razão, segundo Biersdorfer, é que o sistema é capaz de importar e armazenar dados do seu telefone - como registros de chamadas, contatos e endereços que você solicitou ao GPS (Global Positioning System, instrumento de navegação embutido em computadores e smartphones que se baseia em sinais de rádio emitidos por satélites artificiais).

Por isso, a FTC aconselha que, em vez de utilizar a conexão de saída do USB, o consumidor conecte seu aparelho na tomada elétrica do carro por meio de um cabo compatível.

Detalhe: esse é apenas um exemplo de "juice-jaking".

RECOMENDAÇÕES

- Utilize as funções de encriptação e autenticação do seu celular para proteger seus dados e arquivos. Elas podem ser encontradas entre os ajustes de segurança do aparelho.

- Use um bom antivírus.

- Não recarregue seu celular em computadores e pontos de recarga que não sejam de sua confiança.

- Se você decidir correr o risco e recarregar em um local menos confiável, não desbloqueie o aparelho durante a recarga.

- Use um cabo USB especial, que te permita recarregar o telefone mas, ao mesmo tempo, evite a transferência de dados.

- Faça a recarga com o aparelho desligado

- Proteja seu telefone com uma boa senha.

- Seja cauteloso com os aplicativos que você instala.

FONTE: BBC BRASIL

terça-feira, 23 de maio de 2017

EVITE ERROS AO TROCAR DE COMPUTADOR





E de repente você resolveu trocar o seu velho computador por um novo. Infelizmente, muitos não fazem muito bem a sua lição de casa sobre o assunto e acabam pagando demais por um monte de coisas das quais realmente não precisam. Para que isso não aconteça, saiba como evitar estes 14 erros comuns.

ERRO 1: NÃO COMPRAR DE ACORDO COM SUAS NECESSIDADES
Não compre um computador com base no que você viu ou ouviu nos meios de comunicação, mas sim aquele que permitirá que você faça o que precisa fazer. Não é necessário ter o processador mais rápido disponível e quatro vezes mais memória do que você realmente usa. Pague apenas pelo que vai atender às suas necessidades, e nada além.

ERRO 2: ESCOLHER QUAL COMPRAR POR CAUSA DE UM ÚNICO NÚMERO
Nós sempre ouvimos vários números quando o assunto é hardware (os componentes internos de um computador). Em contraste, vários números importantes sequer são mencionados. É por isso que você nunca deve se concentrar em um único número no momento de decidir o que comprar. Peça a alguém que esteja familiarizado com computadores para conferir se a compra que você está considerando tem todas as coisas que você vai precisar.

ERRO 3: NÃO SABER O QUE VEM COM O SISTEMA OPERACIONAL
Um sistema operacional é o software que permite que você use seu computador, como o Windows, OS X e Linux. O computador que você comprar precisa executar os programas que você vai usar para que a sua compra valha a pena. Alguns programas são compatíveis com apenas um sistema operacional, portanto é importante decidir o que você precisa fazer com o seu computador novo, e então descobrir se o sistema operacional é compatível com isso.

ERRO 4: FAZER SUPOSIÇÕES SOBRE COMO OS RECURSOS FUNCIONARÃO
Só porque o computador que você está comprando tem capacidades WiFi e Bluetooth, isso não significa necessariamente que elas vão funcionar bem o tempo todo. O WiFi, por exemplo, pode ter diferentes classes e velocidades, por isso não é seguro supor que ele vai funcionar em qualquer situação. Antes de comprar, compare todos os recursos que são importantes para você e escolha o melhor.

ERRO 5: FAZER SUPOSIÇÕES SOBRE RECURSOS INCLUSOS
Os computadores modernos possuem tantas configurações diferentes que nunca é seguro supor que um determinado recurso está incluso nele. Um bom exemplo disso é que certos modelos de computador hoje em dia vêm sem as unidades de CD/DVD, porque muitas pessoas já não os usam. Se isso é um elemento essencial para você, verifique se ele está incluso e que funciona da maneira que você quer.

ERRO 6: IGNORAR DETALHES QUE FALTAM
Você deve sempre verificar o que as lojas não falam. Por que o vendedor falou tanto da memória RAM de certo computador, mas não mencionou nada sobre ela no outro? Se os detalhes não são mencionados ou elaborados, é provável que eles não sejam favoráveis.

ERRO 7: SEMPRE É POSSÍVEL FAZER UPGRADE DOS COMPONENTES
Nunca é seguro supor que um determinado componente em um computador ou laptop pode ser atualizado à vontade. Alguns componentes simplesmente não vão ser compatíveis. Por exemplo, se você quiser um processador melhor no futuro, precisará encontrar um que corresponda à placa-mãe do seu computador. Se quiser mais memória, terá que ver se há espaço suficiente para isso. Tenha em mente possíveis upgrades futuros quando for comprar o computador agora.

ERRO 8: NÃO EXPERIMENTAR ANTES DE COMPRAR
Você deve sempre procurar experimentar o computador ou laptop que pretende comprar antes de realmente comprá-lo. Se sua loja tem o modelo em exibição, não deixe de conferir pessoalmente. Preste muita atenção à forma como tudo parece funcionar - a tela, o mouse, o teclado, tudo. Se você não gostar de alguma coisa, não compre.

ERRO 9: SEMPRE ESCOLHER A OPÇÃO MAIS BARATA
Se você não usa muito o computador e, quando usa, é apenas para passar um tempo navegando na internet, até pode escolher a opção mais barata, mas isso definitivamente não se aplica a todo mundo. Gastar um pouco mais (sem exagerar com coisas que você não precisa) significa que você provavelmente terá maior confiança e longevidade no produto. Dê uma olhada em boas promoções, mas tente comprar marcas e modelos conhecidos, e com boas avaliações de outros usuários.

ERRO 10:  NÃO SABER QUE A VERSÃO DO SOFTWARE É APENAS DE TESTE
Tenha cuidado para não ser enganado com isso. Muitas vezes, as lojas dizem que o seu computador já inclui algum software, como o antivírus, pacote Office ou mesmo o próprio sistema operacional, mas ele é instalado no seu computador em uma versão gratuita temporária para você testar, e depois de algumas semanas você acaba tendo que gastar mais para realmente comprar o produto, que não sai barato. Para evitar essas armadilhas, certifique-se de que todos os programas instalados no computador são originais, completos e não estão em versão de teste.

ERRO 11: COMPRAR NA ÉPOCA ERRADA
Faça uma pesquisa e veja quando algo novo está prestes a sair. Se você esperar para comprar um computador logo depois de algum outro modelo mais novo ser lançado, é provável que saia bem mais barato. Ou então pode ser que você consiga comprar o modelo mais novo pelo mesmo preço que estavam cobrando pelo modelo antigo poucos meses antes. Além disso, dê uma olhada nas promoções - a concorrência entre lojas de informática é feroz, principalmente na época de Natal. É claro que se você precisa comprar um computador imediatamente se esse conselho não se aplica a você, mas se puder esperar um tempo, faça isso.

ERRO 12: NÃO COMPARAR PREÇOS ENTRE LOJAS
Não compre um novo computador logo na primeira loja que entrar - visite o maior número possível de lojas físicas e online antes de tomar uma decisão. Todas as lojas terão alguma promoção disponível em um momento ou outro. Se você for paciente e pesquisar, provavelmente vai achar o mesmo produto, ou até um melhor, por um valor mais baixo.

ERRO 13: NÃO PEDIR COISAS GRÁTIS
Se você está fazendo a compra em uma loja física, pergunte ao vendedor sobre a possibilidade de receber algumas coisas gratuitamente. Você vai precisar de um teclado, mouse e outros acessórios, por isso vale a pena perguntar o que a loja pode fazer "para convencer você a comprar com eles". É claro que isso nem sempre é possível, mas não custa perguntar, não é?

ERRO 14: DEIXAR SEU ANTIVÍRUS SAIR DA VALIDADE

Este último ponto é relevante apenas depois de ter feito a compra, mas deve ser notado. Nunca deixe que o antivírus saia da validade sem renovar sua assinatura ou instalar uma versão gratuita, como o AVG. Se não o fizer, você vai colocar seu computador em risco - e limpá-lo será um verdadeiro pesadelo!


domingo, 21 de maio de 2017

ENCONTRE SUA MÚSICA PREFERIDA




Com o avanço da internet, hoje em dia não precisamos mais recorrer ao rádio e nem mesmo é preciso comprar CDs ou mp3 para ouvir as músicas que você gosta. No entanto, ao invés de perder tempo em sites de busca para encontrar a sua canção ou artista preferido, há uma forma muito mais prática. 

Este site (http://www.musicsmasher.net/) é tão bom que você com certeza vai querer adicioná-los nos seus favoritos para ouvir suas músicas quando quiser em poucos cliques!

INSTRUÇÕES 

É muito simples. Embora esteja em língua inglesa, o site tem uma interface muito limpa e simples que qualquer um pode navegar. Basta clicar no campo branco de busca, logo abaixo de 'Find Any Song' ('Encontre Qualquer Música') e apertar a tecla Enter do teclado. 

Você pode procurar por artistas nacionais e internacionais, como Elvis Presley, Abba, Roberto Carlos, Elis Regina etc. E aí é só esperar pelos resultados! O site faz uma busca por diversos serviços de música e sites, como SoundCloud e o bom e conhecido YouTube. 

sábado, 20 de maio de 2017

NUNCA PESQUISE ISSO NO GOOGLE




Não sabemos sobre você, mas quando alguém nos diz para não pesquisar algo no Google, nós imediatamente o fazemos, e sempre nos arrependemos disso. Fazer o que, é a curiosidade humana. Portanto, quando as pessoas dizem que você jamais deve pesquisar no Google alguma coisa, elas geralmente têm uma boa intenção.

01. Calcanhar de Maracujá

02. Miíase

03. Tripofobia (medo ou aversão de coisas com padrões de furos. Se você não tem essa fobia, ao pesquisar sobre ela no Google Imagens provavelmente passará a ter)

04. Centopeia Humana

05. Homem Elefante.

06. Homem árvore.

07. Pé de chinesa.

08. World’s Ugliest Dog (cachorro mais feio do mundo)

09. World’s ugliest cat (gato mais feio do mundo)

10. Homem-peixe.

11. Blue waffle



quarta-feira, 17 de maio de 2017

O MP3 CHEGA AO FIM



O Instituto Fraunhofer de Circuitos Integrados, entidade alemã responsável pela criação do MP3 anunciou oficialmente na sexta-feira (12) passada, anunciou que está abandonando o programa de licenças do formato. Isso significa que não existe mais uma patente que proteja tal tipo de arquivo, e qualquer pessoa pode criar produtos com suporte MP3, sem ter que pagar aos seus desenvolvedores, como ocorria antes.

O QUE SIGNIFICA EXATAMENTE MP3



O MP3 foi o primeiro formato de compressão de áudio, sendo que quanto mais altas forem as taxas de bits melhor a qualidade do som. O padrão da taxa é de 128kbps e a máxima de 320kbps, em caso de ser 128kbps a redução no tamanho original é de 90%, o ficheiro passa então a ser 1/10 do seu tamanho original, enquanto que em 320kbps permite gerar arquivos maiores. 


O MP3 trouxe maior comodidade na época em que foi lançado, em meados de 2000 possibilitando guardar muitas músicas nos pequenos portáteis que ainda são vendidos.

Mas com o anuncio feito pela entidade alemã a era dos MP3 está chegando ao fim. Na verdade, muito pouco se tem visto alguém utilizando um MP3 porque os smartphones ocuparam de maneira significativa o seu espaço no mercado, pois já vem com leitores MP3, proporcionando a nós consumidores ainda mais praticidade.

COM MP3 MORRENDO, FORMATO AAC DEVE SER O SUBSTITUTO

O formato MP3, que é o responsável pela popularização de baixar músicas pela internet, a  algum tempo vem sendo substituído por outros de maior qualidade e de menor tamanho.

Agora, como sucessor do MP3, Bernard Grill, diretor da divisão Fraunhofer e um dos diretores de desenvolvimento do MP3, apresenta o formato AAC, que significa Advanced Audio Coding ou, em português, Codificação de Áudio Avançado. De acordo com ele, “é mais eficiente e oferece muito mais funcionalidades”. Vale mencionar que p formato AAC já é utilizado pela Apple de modo padrão em seus produtos.

Com o fim do MP3, os arquivos que já existem nesse formato não irão deixar de funcionar, porém, no futuro, as plataformas que suportam eles serão cada vez mais difíceis de serem encontradas.


domingo, 30 de abril de 2017

HÁBITOS QUE DANIFICAM O SEU COMPUTADOR


Não há como negar: hoje os computadores são necessidade, essenciais para o nosso dia a dia. Além de instrumento de trabalho, usamos os computadores para informação, entretenimento, para pagar as contas no site do banco e até mesmo fazer compras. Mas se você quer manter o seu computador em bom funcionamento, deve cuidar dele e evitar danos, para que não tenha a desagradável surpresa de precisar dele e não conseguir, pois você não tomou alguns cuidados necessários. Por isso, preste atenção nas dicas que selecionamos abaixo. São erros que costumamos cometer e, ao evitá-los, seu PC terá uma vida longa.


BLOQUEAR A SAÍDA DE AR

Este é um erro muito comum para quem usa laptops. Colocá-lo no colo, apoiado por uma almofada, cobertor dobrado ou até mesmo sobre as pernas pode bloquear a saída de ar. Todos os computadores têm um sistema de resfriamento que, se bloqueados, param de funcionar e podem até queimar o seu PC. No caso de computadores de mesa, evite deixá-lo muito próximo de cortinas ou encostado na parede.


APAGAR ARQUIVOS DO SISTEMA

É muito bom ter o hábito de fazer aquela limpeza interna no seu PC - apagar os cookies do navegador, apagar fotos desnecessárias, transferir arquivos grandes para um HD externo etc. O problema é quando queremos "limpar demais" e então saímos à procura de arquivos volumosos sem saber o que são e para que servem. Não faça isso sem se informar. Você pode apagar arquivos importantíssimos que são essenciais para o bom funcionamento da máquina. Caso seja leigo no assunto, aqui vai uma informação importante: nunca apague arquivos com as extensões .SYS, .DLL e .EXE, principalmente dos diretórios Programas, Usuários, System32 e Windows.


LIMPAR A TELA COM LÍQUIDOS

É um grande erro limpar a tela com um tecido muito úmido ou produtos como detergente ou limpa-vidros. Esses produtos podem causar corrosões na tela, principalmente o detergente, que danifica o revestimento da tela. A melhor forma de limpá-la é utilizar um tecido de microfibra ou algum mais suave, como o tecido utilizado para limpar as lentes dos seus óculos. Quanto aos produtos, caso realmente precise utilizar para remover manchas ou impressões digitais, procure por produtos específicos em lojas de informática.


FORÇAR O DISPOSITIVO DE CD E DVD COM A MÃO

Quem nunca fez isso? Podemos até usar o botão para abrir e colocar o CD ali, mas para fechar, muitos de nós empurramos com o dedo, o que é prejudicial. Ao forçar com a mão, corre-se o risco de danificar o mecanismo interno e, se isso acontecer, só um técnico poderá consertar.


USAR A MESMA SENHA
Quem tem aquele probleminha de memória e usa a mesma senha para tudo pode abrir portas para hackers. Ao usar a mesma senha para o seu e-mail, site do banco e redes sociais, fica muito mais fácil a vida desses criminosos virtuais, pois eles podem acessar todas as suas informações e fazer grandes estragos, inclusive pegar dinheiro da sua conta bancária! Portanto, faça senhas diferentes para cada serviço que for usar. E evite números e palavras óbvias. Quanto mais complexas forem as senhas, maiores são as dificuldades dos hackers de consegui-las.


NÃO REINICIAR APÓS INSTALAR UM NOVO PROGRAMA

Ao instalar um novo programa no seu computador, grande parte deles pedem que você reinicie a máquina. Muitos acham que é uma perda de tempo, ou clicam na opção de reiniciar depois, mas alguns exigem que você reinicie. Isso é fundamental para que o programa funcione corretamente. Caso não tenha paciência, opte por instalar novos programas quando não estiver com outras tarefas, para então instalá-los adequadamente.


NAVEGAR NA INTERNET COM ANTIVÍRUS DESATUALIZADO

Que perigo! Ter um bom antivírus, sempre atualizado, é essencial para que você use a internet tranquilamente. Nunca sabemos quais páginas podem conter arquivos maliciosos que silenciosamente entram na sua máquina para roubar informações. Um bom antivírus identifica páginas perigosas de imediato, poupando-o de problemas como roubo de informações pessoais e instalação de arquivos que destroem seu PC.


EXPOR SUA MÁQUINA AOS ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

Se você tem cachorros e principalmente gatos em casa, deve ficar muito atento. Muitos deles gostam de usar o computador, principalmente laptops, como travesseiros e até como "cama". Os gatos adoram dormir em cima de laptops, pois eles sempre procuram superfícies quentes para deitar. É adorável, mas você está estragando seu PC. O peso do animal em cima do teclado estraga todo o dispositivo, além da quantidade de pelos que entram pelo teclado. E tem mais: isso pode provocar superaquecimento da máquina.


INSTALAR PROGRAMAS COM PRESSA

Ninguém gosta ou não tem paciência de ler aquelas janelas com textos imensos que contêm as informações do programa que você vai instalar, e já clica diretamente em "OK" ou "Estou de acordo". O problema é quando esses programas instalam dispositivos a mais na sua máquina, como barra de ferramentas no navegador e outros que você sequer sabe que foram instalados. Além disso, muitos deles oferecem versões gratuitas mas escondem a informação de que, após certo período, você terá que pagar para usar. Não instale os programas com pressa. Faça o passo a passo com tempo e atenção.


FAZER LIMPEZA INTERNA COM O COMPUTADOR LIGADO

É altamente recomendável abrir o revestimento da máquina e fazer uma boa limpeza interna com os instrumentos e produtos adequados, removendo toda a poeira e aquelas sujeirinhas persistentes. Mas para executar essa tarefa é primordial desligar o PC, inclusive retirar da tomada, para evitar quaisquer danos ao seu equipamento e para a sua própria segurança, evitando um choque, por exemplo. Não deixe de clicar aqui para ver um guia super fácil de como fazer essa limpeza.


COLOCAR OBJETOS MAGNÉTICOS PRÓXIMOS AO COMPUTADOR

Os computadores utilizam um sistema magnético para armazenar dados. Portanto, preste atenção se há cabos desprotegidos próximo à sua máquina, pois isso pode danificar o funcionamento. Além disso, ímãs podem provocar interferência, principalmente se você ainda tem aqueles monitores antigos.


EXPOSIÇÃO AO CALOR

Expor o seu PC a fontes diretas de calor, principalmente luz do sol, pode causar superaquecimento. O sistema de resfriamento não vai suportar tanto calor e parar de funcionar e, com isso, pode danificar e até derreter algumas peças internas, principalmente as de plástico, ou até mesmo estragar definitivamente o seu computador. Por isso, mantenha-o longe de exposição ao sol ou locais muito abafados. Se sair com o seu laptop, não deixe-o dentro do carro se o dia estiver muito quente.


BATER NO COMPUTADOR

Quando o PC faz ruídos estranhos ou até mesmo trava ou para de funcionar, muitos optam por dar tapas e chacoalhões para voltar ao normal, até mesmo o monitor. Pois saiba que esses aparelhos estão repletos de peças muito delicadas, e se você fizer isso, elas podem quebrar ou se desconectar, e aí sim você terá problemas. Se o seu computador está com problemas, não se irrite. Respire fundo, desligue, aguarde alguns minutos e ligue novamente. Não desconte a sua raiva nele. E se o problema persistir, então é hora de contatar a assistência técnica.


NÃO DAR 'LOGOUT' SUA CONTA DE EMAIL APÓS O USO
Você checou, leu e respondeu todos os seus emails. Na hora de sair, simplesmente fecha o navegador sem desligar a sua conta. Alguns serviços de e-mail não desligam automaticamente quando você encerra o navegador, o que é um grande perigo, pois alguém pode acessar a sua conta. Se usa o seu e-mail pessoal no trabalho, é fundamental que faça isso antes de desligar o PC para manter a sua privacidade.


FORÇAR A SAÍDA DO DISPOSITIVO USB

Os dispositivos USB salvaram as nossas vidas, principalmente os pendrives. Neles podemos carregar diversos arquivos, de fotos a vídeos e músicas e muito mais. É muito útil e dinâmico no trabalho. Porém, em alguns casos não conseguimos desconectá-lo após o seu uso. Você tenta de diversas maneiras, mas o sistema insiste em mantê-lo funcionando. Não "arranque" o USB, pois isso pode danificar os arquivos que você mantém no seu pen drive, HD externo ou até mesmo Smartphone. Em alguns casos, o ideal é até mesmo desligar a máquina, e então remover o dispositivo móvel. Depois, reinicie e veja se está tudo certo com os arquivos.


ABRIR VÁRIOS SITES DE UMA SÓ VEZ

Você abre o seu navegador e costuma abrir, de uma só vez, o seu e-mail pessoal, redes sociais, site de notícias, vídeos, música, e então um assunto te interessa e abre outra página e mais outra... Quando percebe, tem tantas abas abertas que nem sabe mais por onde começar. Isso pode te causar uma grande perda de tempo, pois terá que fechar uma aba de cada vez, e verificar cada conteúdo para saber se deve mantê-la aberta ou não. E tem mais: quanto mais sites você abrir, mais memória o computador vai usar e armazenar muitos cookies na sua máquina, tornando-a lenta. O ideal é abrir no máximo nove páginas. Atente-se a isso e aos hábitos anteriores aqui citados e o seu computador lhe agradecerá.