quinta-feira, 20 de abril de 2017

COMO LIMPAR SEU COMPUTADOR


Por que é importante limpar o computador? Porque a limpeza de um computador tem um grande impacto sobre a sua velocidade. Um computador limpo funciona muito mais rápido - e isso é um fato. Além disso, é muito melhor usar um mouse e teclado limpos enquanto olhamos para uma tela brilhante!

Então, vamos limpar a sua máquina! Não se preocupe, vamos guiá-lo o tempo todo!

As ferramentas básicas que você precisa são: 

• Uma lata de ar comprimido
 Uma chave de fenda
 Um pano úmido
 Um pincel novo e limpo.

Nota: Se você não tiver uma lata de ar comprimido, pode usar um secador de cabelo com vento FRIO. Não use-o com calor, ou ele vai destruir as partes mais delicadas de seu computador. Não sopre a poeira, pois é perigoso para suas vias respiratórias.

Primeiro, desconecte o cabo de energia e todos os outros cabos do computador e leve-o ao ar livre, pois isso vai trazer uma grande quantidade de poeira.

Agora, abra os parafusos que seguram o painel lateral, exponha o interior do computador e vire-o de lado. É muito importante não tocar em qualquer das suas partes com suas próprias mãos, para não descarregar a eletricidade estática dos componentes e danificá-los.

Comece a pulverização de ar por todas as partes do computador. Não se preocupe se as pás do ventilador começarem a girar, isso é normal. É crucial manter os ventiladores limpos, pois eles esfriam os componentes do computador e, sem eles, o computador pode aquecer e danificar-se. Eles devem estar girando tão bem quanto possível. Mantenha-se à distância durante essa etapa, para evitar a inalação de poeira.

Limpe as superfícies de resfriamento, que ajudam a dispersar o calor produzido pelo processador e a placa de vídeo. Pulverize-os com o spray de ar e, em seguida, limpe-os suavemente com o pincel.

Use o pincel para chegar aos lugares que você não alcança com o ar comprimido. Limpe os painéis exteriores e interiores com um pano úmido, e feche o computador.

Depois de limpar o computador, é hora de limpar o teclado. Teclados acumulam uma quantidade surpreendente de poeira, migalhas e sujeira, e é importante limpá-los com frequência.

Para limpar o teclado, você vai precisar de:

 Um spray de ar comprimido
• Um pano
• Cotonetes
• Álcool
• Vaselina
• Uma chave de fenda

Vire o teclado de cabeça para baixo e agite até que todas as migalhas e outros tipos de sujeira caiam.

Pulverize as teclas com o ar comprimido. Em seguida, passe um cotonete embebido em álcool entre as teclas. Com cuidado, retire a barra de espaço usando a chave de fenda.

Sob ela, está uma haste de metal fino. Limpe-a com um pano úmido e lubrifique-a com uma fina camada de vaselina. Retorne a haste de metal e a barra de espaço para o seu local original e certifique-se que as teclas funcionam sem problemas.

Se as teclas estão sujas ou oleosas, é melhor limpá-las com um cotonete embebido em álcool. Quando terminar com o teclado, é hora de limpar o mouse. Para fazer isso, você vai precisar de:

 Palitos de dente
• Cotonetes
• Álcool

Comece a limpeza dos vãos entre os botões e na parte inferior do mouse utilizando o palito. Mergulhe o cotonete em álcool e limpe a cavidade na parte inferior, onde fica a luz vermelha do mouse. Use outro cotonete para limpar a base e um palito para limpar as borrachinhas que há nela. Depois passe um pano úmido, já que muitas vezes elas acumulam uma grossa camada de sujeira.

Quase pronto! Agora é hora de limpar a tela do computador. A tela muitas vezes acumula uma grande quantidade de poeira e manchas gordurosas. Este método também é bom para limpar a tela do Smartphone e até mesmo sua televisão. Você deve usar:

 Um frasco de spray
 Vinagre branco
 Água filtrada
 Dois panos macios de microfibra

Depois de desligar a tela, misture partes iguais de água e vinagre em um frasco de spray. Borrife levemente o pano, mas não muito. Ele deve ficar úmido, mas não molhado. Em seguida, mova o pano em um movimento suave e circular, por toda a tela. Não empurre demais contra a tela - mantenha sempre um movimento leve.

Mergulhe um segundo pano somente na água e torça para tirar o excesso. É importante que o pano não escorra, mas fique úmido. Limpe a tela de lado a lado suavemente para tirar todas as marcas visíveis.

Caso seja necessário, repita o procedimento. Algumas manchas podem ser mais difíceis de tirar, como impressões digitais e manchas de gordura. Feita a limpeza, deixe secar e verifique se toda a sujeira foi embora. 

E pronto! Agora a sua máquina está livre de toda a sujeira. O ideal é fazer esse processo com certa regularidade, pelo menos a cada três meses, principalmente se você perceber que o local que fica o seu computador está propenso a muita poeira. Além disso, você pode fazer uma limpeza básica toda semana no mouse e no teclado, que são locais onde você está com as suas mãos o tempo todo, e isso é muito importante para evitar a proliferação de bactérias.

terça-feira, 18 de abril de 2017

AS MISTERIOSAS TECLAS 'F'


Alguma vez você já se perguntou para que servem as 12 teclas "F" que aparecem na parte superior do seu teclado? Apesar de passarem despercebidas, essas teclas têm uma variedade de funções que podem lhe trazer uma experiência de computação mais rápida e eficiente. Popularmente conhecidas como "chaves", as funções de comando "F" variam de acordo com o programa que você está usando.

Embora alguns recursos possam ser mais úteis do que outros, este guia vai lhe dar todas as informações que você precisa para desvendar os mistérios por trás das teclas de função. Conheça agora cada uma delas.


___________ [ F1 ]

A maioria dos programas usam a tecla F1 para exibir o menu de ajuda. Assim, se você está visitando uma página da web e pressiona esse botão, o navegador exibirá um menu de ajuda automaticamente. Se você estiver trabalhando com o Microsoft Word e pressionar a tecla F1, você será redirecionado à seção de ajuda.


___________ [ F2 ]

Se você está na área de trabalho, pressionar a tecla F2 irá permitir que você renomeie um arquivo ou pasta em uma única etapa. Por exemplo, se você quiser dar um nome específico para a sua pasta "Imagens", clique uma vez no ícone da pasta e, em seguida, pressione a tecla F2. Assim, o nome da pasta será realçado para que você possa inserir o novo nome.

Se você estiver trabalhando com o Microsoft Word, pressione o comando F2 em conjunto com as teclas "Ctrl" e "Alt" para abrir um novo documento de forma rápida e fácil.

Ainda no Microsoft Word, a combinação das teclas "F2" e "Ctrl" permite que você abra a visualização de impressão de um documento para definir as opções de impressão.


___________ [ F3 ]

A tecla F3 é usada para abrir uma pesquisa na maioria dos programas, incluindo o Windows, o Google Chrome e o Internet Explorer. Este recurso lhe ajuda a encontrar uma palavra-chave em texto, seja em um documento ou em uma página da web.

No Microsoft Word, pressionar a tecla Shift + F3 irá permitir que você mova o cursor para colocar em maiúscula a primeira letra de uma palavra. Se pressionar mais uma vez, você vai mudar a palavra inteira para maiúsculas. Se você pressionar uma terceira vez, a palavra irá retornar à sua forma original.


___________ [ F4 ]

Se você estiver usando o Internet Explorer e pressionar a tecla F4, a barra de pesquisa será aberta automaticamente, e assim você vai poder digitar o endereço de um novo site que deseja abrir.

Se você está no Microsoft Word, pressione a tecla F4 para repetir a última ação. Por exemplo, se a última coisa que você fez foi salvar o documento, pressionar a tecla F4 para salvar novamente.

Pressione as teclas Alt + F4 para fechar o programa que você está usando imediatamente. Isto aplica-se aos navegadores de Internet, programas do Microsoft Office e qualquer tipo de arquivo.


___________ [ F5 ]

Se você estiver navegando na Internet, use a tecla F5 para atualizar e recarregar a página que está usando.

Se você estiver trabalhando com o Microsoft Word, pressione essa tecla para abrir o comando "Localizar e substituir". Isto permite-lhe substituir uma palavra por outra automaticamente, sem ter que procurar em todo o texto.


___________ [ F6 ]

Na maioria dos navegadores de web, incluindo o Internet Explorer, Google Chrome e Mozilla Firefox, a tecla F6 é usada para mover o cursor para a barra de pesquisa. Este recurso permitirá que você navegue através de diferentes páginas web de forma rápida e eficiente.

No Microsoft Word, pressione F6 + Ctrl + Shift simultaneamente para abrir um novo documento sem fechar o que já está em uso.

Em um notebook (laptop), a tecla F6 lhe permitirá reduzir o volume.


___________ [ F7 ]

Apesar de não possuir nenhuma função na maioria dos navegadores de web, se você estiver trabalhando com o Microsoft Word e outros programas, pressionar a tecla F7 irá levá-lo automaticamente para o verificador de gramática e ortografia.

No Microsoft Word, pressione a tecla Shift + F7 para abrir um dicionário de sinônimos e encontrar um termo equivalente para qualquer palavra que você destacou no texto.

Em um notebook (laptop), use esta tecla para aumentar o volume (este recurso se aplica à maioria dos laptops, mas não todos).


___________ [ F8 ]

A principal função da tecla F8 é o acesso ao modo de segurança quando o computador está iniciando. O modo de segurança é utilizado para resolver problemas causados ​​por software e drivers que não iniciam adequadamente ou que impedem a inicialização correta do Windows. A menos que você tenha experiência com o modo de segurança, recomendamos que você consulte um especialista antes de tentar corrigir um problema assim.


___________ [ F9 ]

Apesar de não possuir nenhuma função na maioria dos navegadores de web, a chave F9 permite atualizar um documento no Microsoft Word.

Se você usa o Microsoft Outlook como caixa de e-mail, pressione F9 para enviar e receber e-mails em todas as contas configurados no programa.

Em um notebook (laptop), pressione esse botão para reduzir o brilho da tela (este recurso se aplica à maioria dos laptops, mas não todos).


___________ [ F10 ]

Pressione F10 para ativar o menu do seu navegador de internet, ou de programas como o Microsoft Word. Nas versões mais recentes do programa, essa chave também é usada para exibir um menu de atalhos úteis, tais como "editar" ou "salvar".

Pressione Shift + F10 para substituir o botão direito do mouse em um documento ou um link da web. Na maioria dos navegadores, este truque permite que você visualize uma série de opções para acesso rápido, para "atualizar" ou "voltar para a página anterior".

Em um notebook (laptop), pressionar a tecla F10 lhe permitirá aumentar o brilho da tela.


___________ [ F11 ]

Pressione a tecla F11 para alternar o modo de tela cheia no seu navegador de internet. Este recurso é útil se você estiver assistindo a um vídeo.


___________ [ F12 ]

Pressione a tecla F12 para abrir a opção "Salvar como" no Microsoft Word.

Ainda no Microsoft Word, pressione as teclas Ctrl e F12 simultaneamente para abrir um documento.

Se você estiver trabalhando com o Microsoft Word, pressione as teclas Shift e F12 simultaneamente para salvar um documento.

Pressione as teclas Shift + F12 + Ctrl simultaneamente para imprimir um documento no Microsoft Word.



domingo, 9 de abril de 2017

VOCÊ SABE O QUE È CRIPTOGRAFIA?


O envio e o recebimento de informações sigilosas é uma necessidade antiga, que existe há centenas de anos. E daí a criptografia tornou-se uma ferramenta essencial para que apenas o emissor e o receptor tenham acesso livre às informações. Este artigo tem por objetivo dar uma abordagem básica à criptografia, mostrando os aspectos e conceitos mais importantes.

O QUE É CRIPTOGRAFIA?

O termo Criptografia surgiu da fusão das palavras gregas "Kryptós" e "gráphein", que significam "oculto" e "escrever", respectivamente. Trata-se de um conjunto de regras que visa codificar a informação de forma que só o emissor e o receptor consiga decifrá-la. Para isso varias técnicas são usadas, e ao passar do tempo modificada, aperfeiçoada e o surgimento de novas outras de maneira que fiquem mais seguras.

Em informática, a técnica utilizada é a de chaves, as chamadas “CHAVES CRIPTOGRÁFICAS”. Trata-se de um conjunto de bit’s baseado em um algoritmo capaz de codificar e de decodificar informações. Se o receptor da mensagem usar uma chave diferente e incompatível com a do emissor ele não conseguira ter a informação.

A primeira técnica de criptografia usava apenas um algoritmo de decodificação, assim bastava o receptor de o algoritmo para decifrá-la, porem se um intruso conhecesse esse algoritmo poderia decifrar a informações caso capturasse os dados criptografados. Ainda existe outro problema imagine:

Se 'Roberto' tivesse que enviar uma informação para 'Carlos', e a 'Silvia' tivesse que receber uma informação de 'Roberto', mas 'Silvia' não pode saber a informação passada a 'Carlos', mas para 'Carlos' e 'Silvia' obterem a informação precisariam ter o algoritmo, assim teríamos que ter mais que um algoritmo.

Com o uso de chaves, um emissor pode usar o mesmo algoritmo (o mesmo método) para vários receptores. Basta que cada um receba uma chave diferente. Além disso, caso um receptor perca ou exponha determinada chave, é possível trocá-la, mantendo-se o mesmo algoritmo.

COM O USO DA CRIPTOGRAFIA É POSSÍVEL:

Proteger os dados sigilosos armazenados em seu computador, como o seu arquivo de senhas e a sua declaração de Imposto de Renda;

 Criar uma área (partição) específica no seu computador, na qual todas as informações que forem lá gravadas serão automaticamente criptografadas;

 Proteger seus backups contra acesso indevido, principalmente aqueles enviados para áreas de armazenamento externo de mídias;

 Proteger as comunicações realizadas pela Internet, como os e-mails enviados/recebidos e as transações bancárias e comerciais realizadas.

Você já deve ter ouvido chave de 64 bit’s, chave de 128 bit’s e assim por diante, esses valores expressam o tamanho das chaves. Quanto mais bits’s foram usados mais seguro será o código, por exemplo, se foram usados um algoritmo use oito bit’s apenas 256 chaves poderão ser utilizadas por que 2 elevado a 8 (2*2*2*2*2*2*2*2) agora sabemos que esse código é inseguro, uma pessoa pode gerar 256 combinação diferentes (apesar que demore), agora faça a conta da chave 128 2 elevado a 128:

(2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2*2) 

Dá um numero de chaves extremamente grandes. Existem dois tipos de chaves: simétricas e assimétricas. Ambas são vistas na matéria a seguir.

A CHAVE CRIPTOGRÁFICA

Uma chave criptográfica é um valor secreto que modifica um algoritmo de encriptação. A fechadura da porta da frente da sua casa tem uma série de pinos. Cada um desses pinos possui múltiplas posições possíveis. Quando alguém põe a chave na fechadura, cada um dos pinos é movido para uma posição específica. Se as posições ditadas pela chave são as que a fechadura precisa para ser aberta, ela abre, caso contrário, não.


quinta-feira, 30 de março de 2017

PRÓXIMA ATUALIZAÇÃO DO WINDOWS 10


A próxima atualização do Windows 10, o Creator’s Update, será em breve, revelou a Microsoft. Nesta quarta-feira (29), a empresa disse que a nova versão começará a ser distribuída em 11 de abril.

O Edge, navegador nativo do Windows, ganhará novos recursos, incluindo a organização de múltiplas abas na mesma tela. No menu iniciar serão inclusas novas conexões com redes sociais e também possibilidade de criar pastas para organizar aplicativos. Para completar, novas funções de acessibilidade e segurança estarão presentes.

O usuário já pode, inclusive, baixar a nova versão do Windows diretamente dos servidores da Microsoft caso não queira aguardar pela atualização automática. Vale notar que tanto a versão 32-bits quanto a 64-bits já podem ser encontradas para download em formato ISO.

Lembrando que, por se tratar de um arquivo ISO, é necessário ter ainda um programa que seja capaz de usá-lo para transformar um pen drive ou DVD em disco de inicialização.

Caso não queira usar arquivos ISO, a atualização está próxima, basta aguardar até 11 de abril.



segunda-feira, 20 de março de 2017

CASA IMPRESSA EM 3D EM APENAS 24 HORAS


Quando começamos a imprimir tudo nas impressoras 3D, – incluindo até casas, é impressionante ver que uma empresa construa uma em apenas 24 horas. A casa está localizada na Rússia, foi construída em apenas um dia, a um custo de pouco mais de US$ 10.000 (R$30.770,00 pelo câmbio de 20/03).

Os principais componentes da casa, incluindo as paredes e divisórias foram impressos apenas com uma mistura de concreto. Já os mobiliários como janelas foram adicionados mais tarde e uma camada de tinta foi adicionada ao exterior da casa.

O custo total de construção da casa? US$ 10.134 (R$31.182,00 pelo câmbio de 20/03).

A casa é composta por um corredor, banheiro, sala de estar e cozinha. A mesma está localizada em uma das instalações da Apis Cor na Rússia. A empresa alegou que a casa pode durar até 175 anos.

Queremos mudar a opinião pública de que a construção não pode ser rápida, ecológica, eficiente e confiável ao mesmo tempo”, diz o fundador Nikita Chen-yun-tai no site da Apis Cor.

Nosso objetivo é tornar-se a maior empresa de construção para resolver problemas de acomodação em todo o mundo”. Apis Cor reivindicou ser a primeira empresa a ter desenvolvido uma impressora 3D que pode imprimir edifícios inteiros.

Agora, caros leitores do eCuesta, imagine as diferentes formas e tamanhos que as casas poderiam ter no futuro com esta tecnologia...

Veja o vídeo abaixo:





quarta-feira, 15 de março de 2017

MAPA DE WI-FI GRATUÍTO PARA AEROPORTOS


Quase todos os aeroportos do mundo têm Wi-Fi hoje em dia, permitindo que você leia ou assista o que quiser, enquanto espera o horário do seu voo. No entanto, não é tão simples para se registrar e utilizar esse serviço gratuito. Muitas vezes você vai estar em um aeroporto estranho sem sinais dizendo-lhe onde a zona de acesso Wi-Fi está localizada, e quando você chegar lá precisa digitar uma senha desconhecida. É ai que entra em ação o Mapa WiFox!!

Criado pelo engenheiro de segurança, Anil Polat, o WiFox é um mapa online interativo que contém a senha de login e informações necessárias, para receber acesso Wi-Fi em muitos grandes aeroportos em todo o mundo. Como você pode ver na imagem abaixo (clique sobre a imagem para aumentar), o mapa mostra pequenos ícones em forma de avião sobre a localização dos aeroportos. Uma vez que você clicar no aeroporto de sua escolha, a tela do lado esquerdo irá mostrar-lhe os detalhes pertinentes, incluindo uma lista de todas as redes e senhas disponíveis.

WiFox: O Mapa Interativo Wi-Fi Gratuito para Aeroportos

Por exemplo, se acontecer de você estar com viagem marcada a Roma, você pode fazer o seguinte: Encontre Roma no mapa e clique no aeroporto à direita, ou você também pode procurá-lo usando a função de pesquisa no lado esquerdo. Nesse caso, escolha Aeroporto Internacional Leonardo da Vinci, e então você verá que é possível obter acesso gratuito ao Wi-Fi no salão de espera da empresa aérea Alitalia sem uma senha, escolhendo a rede Aviapartner, no qual a senha é Aviapartner01.

Nota: As informações contidas neste banco de dados muda com muita frequência, porque os aeroportos estão atualizando seus dados constantemente. Este mapa promete ser uma ferramenta muito útil para sua próxima viagem. Você pode usá-lo clicando no link acima, e também fazer o download para a versão offline. Também existem muitos aplicativos disponíveis relevantes que cobram uma pequena taxa a partir do Google Play (Android), a App Store e Amazon.

WiFox: O Mapa Interativo Wi-Fi Gratuito para Aeroportos




sábado, 11 de março de 2017

COMO EXCLUIR SUA CONTA DO FACEBOOK PARA SEMPRE


O Facebook é a maior rede social existente, com cerca de 1 bilhão de visitas por dia, comportando atualmente mais de 1,5 bilhão de pessoas cadastradas. Vamos mostrar neste tutorial o que você faz para cancelar, deletar, apagar uma conta na rede social de forma definitiva.

Cansou das futilidades e quer cancelar a conta. Surtou e decidiu deletar a sua conta do Facebook, cometer um Facebookcídio? É este seu problema que vamos resolver com este tutorial.

Para isto, você vai acessar: https://www.facebook.com/help/delete_account. Irá surgir a tela abaixo, confirmando o seu desejo em remover a conta do Facebook.


Clique sobre “Excluir minha conta”. Você será direcionado para a tela abaixo que vai solicitar a sua senha cadastrada, assim como pedir para escolher algumas imagens aleatórias, tudo isto para confirmar que você realmente quer deletar definitivamente a conta do Facebook.

ATENÇÃO: ESTE PROCEDIMENTO É IRREVERSÍVEL,
ou seja, não tem volta!



Depois de preencher tudo, aperte OK. Feito isto, aparecerá a tela abaixo com a mensagem de confirmação de exclusão:


A sua conta ficará desativada por 14 dias. Este é o período que ainda você poderá usar o Facebook, reativar a conta e voltar se quiser. Caso não faça neste período, todo o conteúdo será excluído.

Gostou? Então comente e compartilhe!!!


sexta-feira, 3 de março de 2017

ATÉ 50MB DE ANEXOS NO GMAIL


O Gmail recebeu uma novidade valiosa. Agora, o serviço de e-mails passa a permitir anexos de até 50 megabytes nas contas dos usuários. A revelação foi feita no blog oficial da plataforma de e-mails do Google.

A novidade é válida somente para anexos recebidos. Assim, para o envio de anexos através do Gmail, o limite é de 25 MB, o que força o uso de alternativas como o Google Drive para o envio de arquivos maiores via Gmail.

A disponibilidade de um maior limite para o recebimento de anexos maiores é válida para todas as contas do Gmail, sem qualquer distinção entre usuários pagantes ou não.

O limite de tamanho para recebimento de anexos em um e-mail era de 25 megabytes antes do anúncio. De acordo ainda com a publicação no blog oficial, o aumento tem como objetivo atender a necessidade de usuários que, eventualmente, necessitam receber conteúdo diretamente no e-mail de modo mais ágil.

A novidade será liberada para todos os usuários no decorrer dos próximos dias.



terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

PROBLEMAS COM A CONEXÃO WI-FI?


Está com dificuldades para conseguir conectar o seu computador a uma rede Wi-Fi? Muitos são os fatores que dificultam a conexão com a internet e, alguns deles, são bem frequentes e fáceis de serem diagnosticados, como problemas com cabo, modem, receptor e placa. 

Para lhe ajudar nesta situação, o Portal eCuesta selecionou uma lista das principais causas de erro de conexão do PC com a rede e suas possíveis soluções. Confira.

CABOS

Problemas com o cabo costumam ser uma das causas mais frequentes para a falta de conexão. Isto porque é comum o cabo Ethernet desconectar ou ficar frouxo conforme o usuário mexe no gabinete. Quando isto ocorrer, um “X” será exibido no ícone de rede, o que indica suspensão da conexão. Para resolver o problema, é só encaixar o plugue novamente e aguardar alguns minutos até a conexão ser restabelecida.

DICA - Mantenha os cabos sempre esticados, pois se eles estiverem dobrados, isto pode danificá-los e prejudicar a transferência de dados.

MODEM

O modem pode sofrer alguns travamentos, o que interfere na conexão com a internet. Isto ocorre por diversos motivos, como por exemplo, interferência de outros aparelhos eletrônicos, sobrecarga no tráfego de informações e quedas de luz. Para solucionar o problema a dica é desligar o modem e ligar após cerca de 10 segundos. Ao reiniciar o aparelho, você limpa a memória do dispositivo e restaura o funcionamento normal para o envio do pacote de dados.

RECEPTOR WI-FI

Os receptores Wi-Fi podem sofrer do mesmo mal que os roteadores. Se você utiliza este tipo de equipamento, reinicie-o também. Muitos modelos já contam com um botão para esta finalidade. Mas, caso o seu não possua, basta retirar o adaptador wireless do USB e recolocá-lo após alguns minutos.

PLACA DE REDE

A placa de rede também pode ser o motivo para a falha na conexão. O problema pode estar na ausência ou desatualização do driver da placa, ou mesmo a desativação do adaptador de rede. Para ativá-lo, entre no “Painel de Controle”, vá até “Central de Rede e Compartilhamento” e clique em “Alterar as configurações do adaptador”. Em seguida, clique com o botão direito no ícone da placa e selecione “Ativar”.

E, para consultar o driver da placa, vá no Menu Iniciar, digite “Gerenciador de dispositivos” e clique na ferramenta. Dê um clique na opção “Adaptadores de rede” para expandi-la e veja se existe um driver. Se ele estiver desatualizado ou com algum problema, haverá um “X” vermelho no campo correspondente.

SERVIDOR DNS

Se o ícone de conexão está normal e placa de rede também, mas ainda assim, quando você tenta acessar uma página na web, recebe uma mensagem de erro informando ser impossível conectar à internet, é provável que a falha esteja sendo causada por uma falha no servidor DNS. Para resolver, será necessário configurar um DNS externo. A alteração pode ser feita através da “Central de Rede e Compartilhamento”, acessível via “Painel de Controle”.

DIVERGÊNCIA COM FREQUÊNCIAS E LARGURA DE CANAL

Configurações erradas também podem ser a causa para o seu computador não estar se conectando à internet. Um aspecto fundamental a ser observado é a frequência do roteador. Os roteadores dual band suportam as bandas de 2,4 GHz e 5 GHz.

Se o dispositivo estiver configurado para a banda maior e o seu computador e/ou receptor não tiver uma placa de rede compatível com a banda de 5GHz, o PC não irá conseguir receber o sinal de Internet. Na maioria dos casos o suporte é feito apenas à faixa de 2,4 GHz, por isso seu computador não consegue receber o sinal wireless.

Para solucionar este problema você terá que entrar nas configurações do roteador. Neste caso o manual de instruções do equipamento pode lhe ajudar. Será necessário alterar a largura e a configuração de banda de seu roteador, que deverão ser compatíveis com o computador. Na dúvida, prefira a configuração de banda 2,4 GHz e largura de 20 MHz.

Estas são algumas formas de solucionar o problema de falta de conexão com a internet. Esperamos que ajude a resolver seu problema.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

TODAS AS SUAS INFORMAÇÕES REVELADAS NO FACEBOOK


Você já parou para pensar que nunca antes na história da humanidade nós deixamos tantos rastros de nós mesmos tanto do plano físico como do online, onde criamos dezenas de perfis, contas, fotos, texto, entre outras coisas que permanecerão sabe-se lá até quando?

Imagine você o que já  tem de atividades registradas da sua no Facebook: curtidas, fotos, páginas, postagens, fotos em que foi marcado, fotos em que comentou, eventos em que compareceu, lugares que visitou, entre outras coisas que nem você lembra mais.

E se você pudesse ver tudo isso? Pois agora é possível. Com o site Stalk Face você poderá descobrir estas e outras informações de qualquer perfil.

A plataforma não viola nenhum direito do Facebook já que faz uso de recursos próprios da rede social lançados em 2013 e que os mais de 1 bilhão de usuários aceitaram quando clicaram  em “Eu li e estou de acordo com os termos do contrato”.

Como o nome do próprio site já diz, você pode usar a ferramenta tanto para o bem, como para o mal. Mas, por favor, não vá ser aquele(a) namorado(a) chato(a) que investiga tudo sobre o(a) parceiro(a). Isso não faz bem para ninguém.

O site é www.stalkface.com e após acessá-lo tudo o que você precisará fazer é colocar a URL do perfil ou de uma foto da pessoa. Em menos de 1 segundo uma série de links será exibida.

Clique para abrir os resultados dentro do próprio Facebook rapidamente. E como os recursos do site são todos baseados em ferramentas da rede social, você não precisa aceitar nem instalar nada. Veja como é fácil:

Acesse o site e insira a URL do perfil ou foto que deseja “consultar” e clique em “Stalk”. Em instantes você verá a lista do que é possível checar. E se você marcar a caixinha “Recent (NEW)” poderá filtrar as atividades deste ano (“This Year”), deste mês (“This Month”) ou desta semana (“This Week”).


Pronto. Agora é só escolher aquilo que deseja ver. Use com moderação. 


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

PUNIÇÃO MAIS SEVERA PARA CRIMES DIGITAIS


O Brasil conta com uma norma criada exclusivamente para regular crimes digitais. A Lei 12.737/2012 especifica punições para infrações relacionadas ao meio eletrônico, como invadir computadores, violar dados de usuários ou “derrubar” sites. Projetos em discussão no Senado caracterizam crimes cometidos na internet e preveem penas mais severas nesses casos.

Entre eles está o PLS 436/2015, do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), que altera o Código Penal para punir com maior rigor aqueles que praticarem o crime de vilipêndio a cadáver pela internet. Hoje esse tipo penal prevê detenção de um a três anos. O texto propõe que a pessoa que compartilhar ou publicar imagem, foto ou vídeo por meio da internet (inclusive aplicativos que permitam troca de dados, como por exemplo, WhatsApp) terá a pena aumentada em um a dois terços.

De acordo com o senador, o que motivou a apresentação da proposta foi a divulgação na internet de imagens do corpo do cantor Cristiano Araújo, que morreu em 2015 um acidente de carro. Segundo Alcolumbre, a mudança na lei se justifica pelo alcance e rapidez do compartilhamento de informações pelas redes sociais.

O agente que posta a foto ou vídeo multiplica a dor daqueles que têm seu ente querido, recém-falecido, exposto de maneira insensível e cruel. Não há escrúpulos para aquele que faz do cadáver objeto de promoção pessoal em mídias sociais”, justifica o senador.

O projeto está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde aguarda designação de relator.

SEM RETRATAÇÃO

Outros crimes já previstos no Código Penal poderão ganhar especificações quando praticados pela internet. É o caso de constrangimento ilegal, ameaça, calúnia, injúria e difamação conforme consta de projeto de lei (PLS 481/2011) do senador Eduardo Amorim (PSC-SE), que também está em exame na CCJ.

A nova abordagem em relação a esses cinco delitos constava de duas propostas de Eduardo Amorim: os PLS 481 e 484, de 2011. O relator na Comissão de Ciência e Tecnologia, o então senador Sérgio Souza (PMDB-PR), optou por condensá-las em um substitutivo, acrescido de uma emenda própria e de outra apresentada por Amorim.

Entre outros pontos, o novo texto altera o artigo 143 do Código Penal, que livra de punição o ofensor que se retratar da calúnia ou difamação antes da sentença. A mudança proposta impediria a concessão do benefício quando esses crimes contra a honra e a vida privada das pessoas forem cometidos pela internet.

PERFIS FALSOS

O ato de esconder atrás de perfis falsos nas redes sociais para cometer crimes também pode estar com os dias contados. Inspirado em uma lei norte-americana que entrou em vigor em 2011, no estado da Califórnia, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) apresentou o PLS 101/2011 que criminaliza a criação de identidade ou perfil falsos na internet.

Conforme o texto, que altera o Código Penal, aquele que assumir ou criar identidade ou perfil falso em redes sociais ou sítios da internet, para obter vantagem indevida, em proveito próprio ou alheio, ou para causar dano a outra pessoa poderá ser condenado a 1 a 3 anos de reclusão.

O projeto, que está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) ainda estabelece que o agente que assumir ou criar identidade ou perfil que diz respeito à outra pessoa, física ou jurídica, sem a sua autorização, poderá ser preso por até quatro anos.

USO DE DADOS PESSOAIS

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) apresentou projeto que inclui artigo sobre o uso de dados pessoais em redes sociais no Marco Civil da Internet. Conforme o PLS 347/2016, será necessário o consentimento do usuário antes que sejam feitos cadastros ou convites para participar de redes sociais. A matéria, assim como as anteriores, está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Algumas empresas, para conquistar usuários, têm dado margem a abusos. É o caso, por exemplo, de algumas redes sociais que de forma não autorizada, acessam a lista de contatos de seus membros para atrair novos usuários, convidando integrantes dessa lista, em nome dos respectivos membros, a ingressarem na rede”, diz a senadora.

A senadora lembra que a proteção aos dados pessoais é um dos princípios que regem o uso da internet desde a edição em 2014 do Marco Civil, mas que foi abordado de forma genérica no texto da Lei que trata dos direitos e deveres dos usuários na rede mundial de computadores.


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

SAIBA COMO CRIAR SENHAS SEGURAS


Na era digital em que vivemos, precisamos de senhas para tudo. Para abrir nosso Facebook, para o nosso e-mail, para consultar a nossa conta bancária, etc. Portanto, quando temos tantas senhas diferentes, nós terminamos escolhendo aquelas que são fáceis de lembrar para manter a vida simples. Infelizmente, hackers e criminosos digitais sabem disso e usam esse conhecimento para roubar informações pessoais e até mesmo dinheiro.

Um estudo recente da SplashData (empresa de segurança online) coletou informações a partir de um grupo de vários hackers, e encontrou um número de senhas comumente usadas em seus atos criminosos, pois são usadas ​​por muitos internautas.

Se a sua senha começa com o tradicional 123456, 654321, o seu primeiro nome, seu sobrenome, seu aniversário, seu signo do zodíaco ou as primeiras letras do alfabeto você precisa alterar sua senha o mais rápido possível.

Para proteger suas informações, você precisa de uma senha forte, que contenha letras maiúsculas e minúsculas, números e pelo menos um símbolo (&%$), de preferência em ordem aleatória. A desvantagem de tal senha é que ela pode ser tão complicada que nós mesmos podemos ter problemas para lembrá-la, mas há duas maneiras de superar isso.

USE UM GERENCIADOR DE SENHAS
O gerenciador de senhas é um software que lembra da sua senha por você. Duas opções gratuitas são o KeePass (o site é em inglês, mas o aplicativo tem a opção de se escolher o idioma Português) e o LastPass (em inglês). Se você quiser outra opção, embora precise pagar um pouco, há o RoboForm (em português) e o Dashlane.

REFORCE SUA SENHA ANTIGA
A maneira mais fácil é apenas adicionar as informações acima à sua senha antiga, como letras maiúsculas e minúsculas, símbolos e algum número. Por exemplo, se a sua senha antiga era abacate, passe a usar Abacate1!

A segurança da sua vida digital é muito importante! Não se esqueça de alterar a senha de todos os seus sites e contas regularmente (pelo menos a cada 6 meses) e compartilhar este artigo com seus amigos e familiares!



quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

O QUE É DNS E COMO FUNCIONA


Domain Name System ou DNS é um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico e distribuído para computadores, serviços ou qualquer recurso conectado à internet ou em uma rede privada. Ele é responsável por localizar e traduzir para números IP os endereços dos sites que digitamos nos navegadores. Em outras palavras é graças a ele que você pode digitar: www.ecuesta.com.br na barra de endereços do navegador, quando quer acessar o nosso site, ao invés de digitar uma sequência de números, pontos e letras.

MAS, COMO ASSIM?

Existem duas formas de acessar um serviço na web: pelo seu nome de domínio, o nosso famoso “www ”, exemplo: www.ecuesta.com.br, ou pelo endereço de IP dos servidores nos quais ele está hospedado. Uma das principais funções do DNS é facilitar a sua vida no momento em que você deseja visitar um site. Imagine que se cada vez que quisesse abrir uma página na internet, precisasse digitar no navegador a sequência de números correspondente a ela? Seria difícil guardar na memória todos estes números, não é mesmo? Pois o DNS faz o trabalho pesado por você, traduzindo as palavras que compõe a URL para o endereço IP do servidor. É possível pensar no DNS como uma espécie de lista telefônica, que liga cada site ao seu IP.

O endereço de IP é único em cada servidor e cada domínio leva a um IP específico. É em virtude disto que nunca encontramos dois sites diferentes, com URLs iguais. Se não fosse assim, diversos endereços diferentes poderiam encaminhar os internautas para o mesmo site.

Como dito antes, esta é uma das principais funções do DNS, mas não é a única. Ele também é um banco de dados hierárquico (embora limitado), que pode armazenar (quase) quaisquer tipos de dados, para praticamente qualquer finalidade.

Para que seja possível traduzir os endereços digitados em número de IP correspondente, existem diversos servidores de DNS espalhados pelo mundo. Para ser preciso são 13 e sem eles a internet não funcionaria. Destes, 10 estão localizados nos Estados Unidos da América, um na Ásia e dois na Europa. Visando aumentar a base instalada destes servidores, foram criadas réplicas localizadas por todo o mundo, inclusive no Brasil, desde 2003.

Devido ao tamanho da internet, armazenar todos os pares de domínio – endereço de IP em um único DNS seria inviável, por questões como confiabilidade, volume de tráfego, distância e manutenção do banco de dados. Imagina se o único servidor DNS falhasse, a internet estaria indisponível no mundo inteiro! Por isso não é possível confiar o serviço a apenas um. Ainda mais que ele teria que tratar os pedidos DNS do planeta inteiro! Certamente geraria um congestionamento do tráfego. Além disso, não teria como ele estar próximo a todas as pessoas, sendo que grande parte estaria muito distante, o que causaria atrasos. Também seria necessário atualizar o banco de dados com mais frequência, devido à enorme quantidade de informação armazenada nele.

SERVIDORES DE DNS QUE ACELERAM A NAVEGAÇÃO

Por padrão, utilizamos o serviço DNS oferecido pelo provedor de acesso ou pela empresa responsável por nossa conexão com a internet. Contudo não é necessário utilizá-lo. Muitas vezes eles ficam congestionados ou apresentam algum problema de segurança. Isto porque é um grande trabalho conseguir traduzir todos os nomes que o navegador manda em IPs por meio dos quais seja possível acessar o site. A velocidade de sua navegação poderá variar bastante, dependendo de qual servidor DNS a sua rede doméstica está configurada para usar.

Felizmente é possível optar por serviços que estão disponíveis no mercado e oferecem mais performance e segurança, como por exemplo o OpenDNS, Google Public DNS, Comodo Secure DNS e o Giga DNS. Utilizar um destes serviços, significa que a sua navegação pode ficar mais rápida e segura.

Além disso, muitos servidores DNS oferecem detecção de sites falsos ou infectados e até sistema de proteção parental, para bloquear sites de conteúdo adulto.

E você, utiliza algum destes servidores DNS? Qual? Conte para gente nos comentários!